Voltar

Comunidade de Aprendizagens das Cerejeiras visita Bombeiros de Penela

Terça, 09 de Julho de 2019

No passado mês de junho recebemos a visita da Associação Comunidade de Aprendizagens das Cerejeiras, comunidade educativa que atualmente funciona na Escola Primária do Rabaçal, albergando diversas crianças registadas no ensino doméstico, e contando com a presença de duas professoras do 1.º ciclo, assim como professores de educação física, música e artesanato.

Tal como divulgado na comunicação social, esta comunidade tem muito pouco a ver com a ideia tradicional do ensino, a qual desenvolve o seu projeto com base nas metodologias do movimento da escola moderna; pelo que as salas não têm quadros, não há trabalhos de casa e as crianças podem andar descalças.

Este é um projeto educativo alternativo onde os professores funcionam como "facilitadoras" da aprendizagem. (in
https://www.publico.pt/2018/07/21/sociedade/noticia/numa-aldeia-de-penela-pais-constroem-uma-escola-diferente-livre-e-inclusiva-1838707)

Assim, os envolvidos nesta comunidade educativa dizem:

“Acreditamos que crianças felizes são crianças mais disponíveis para aprender...
Por isso temos uma oferta educativa diferenciada, integrada e global. Neste espaço, as crianças são livres para crescer e aprender ao seu ritmo e de acordo com as suas motivações ao mesmo tempo que são desafiadas a ir mais além, a experimentar e a criar novos conceitos, ideias e projetos...

Vamos beber ao trabalho de vários movimentos pedagógicos procurando o melhor contributo de cada um, no entanto temos uma forte afinidade com o Movimento da Escola Moderna construindo um ensino democrático e cooperativo onde as crianças participam nas tomadas de decisão sobre toda a vida da comunidade, no planeamento e na gestão das aprendizagens.

OS NOSSOS VALORES: Respeito por toda a forma de vida, direitos humanos, liberdade, igualdade, inclusão educativa, abertura, divertimento, amor, felicidade, comunidade, cidadania global, sabedoria, interdependência, compaixão, espiritualidade, altruísmo...” Comunidade de Aprendizagens das Cerejeiras.

Por fim importa sublinhar que foi um prazer receber crianças e facilitadores com a sua energia, curiosidade, animação e disposição tão espontânea para partilhar e apreender experiências e diversidade de realidades.

Epilogar ainda que o nosso corpo de bombeiros está de portas abertas para receber e participar com suas mais-valias e atividades, enquanto bombeiros voluntários, em qualquer projeto educativo que louve o crescer, fortalecer e desenvolver as competências das nossas crianças, jovens e adultos.