Voltar

Simulacro na Escola EBI de Penela

Terça, 13 de Fevereiro de 2018

Realizou-se no dia 2 de fevereiro um simulacro de um incêndio urbano que afetou a Escola Básica Integrada de Penela.

Em ambiente de simulação na parte da manhã de sexta-feira, procedeu-se à evacuação da escola de Penela em função de um hipotético incêndio numa cozinha que terá eventualmente ocorrido. Em resposta a este cenário, foi realizado um treino de Busca e Salvamento, com consequente combate ao incêndio e assistida uma vítima - um ferido ligeiro resultante do incidente ficticio.

Várias dezenas de crianças e jovens foram então entretanto evacuadas ordeiramente dos edifícios escolares, para o local de concentração, a zona do parque de jogos dos recintos escolares, locais pré-definidos e de relativa segurança.

Tratando-se de um simulacro de uma situação menos grave do que as realizadas nos anos anteriores, os Bombeiros de Penela desempenharam um papel principalmente de supervisionamento, tendo sido enviados para o local dois veículos: um veículo de combate a incêndios urbanos com 6 homens e uma ambulância tripulada por dois elementos.

O Chefe da equipa e de carreira, o bombeiro Marco Santos, em contacto com o representante da Proteção Civil Municipal, efetuou os procedimentos de acordo com as normas internas da estrutura hierárquica de comando.

A realização deste género de simulacros são basilares para uma resposta rápida e eficaz, não só para testar a capacidade de reação da comunidade escolar face às adversidades, mas também para colocar à prova os meios de socorro e segurança perante situações de emergência.

EBI - Escola Básica Integrada (de Penela)